Conheça esta série rica em ships!

Fujoshi Eye: Katekyo Hitman Reborn – parte 1

Fujoshi Eye: Katekyo Hitman Reborn - parte 1

Atenção: o artigo contém  spoilers.

Apresentação

Katekyo Hitman REBORN! é uma série shonen  de autoria da mangaká Akira Amano (seu trabalho mais recente foi o design dos personagens da série PSYCHO-PASS). Foi um grande sucesso da revista Weekly Shonen Jump, sendo finalizada em novembro do ano passado. Conta com quarenta e dois volumes encadernados e duzentos e três episódios, além de um OVA. A série animada ficou ao encargo do estúdio Artland e foi exibida na TV Tokyo e no Animax  Japan. Há esperança de que, com o final do mangá, o anime seja continuado.

Também com o encerramento do mangá,  para a alegria dos fãs, a Panini licenciou o título e o primeiro volume já está nas bancas, com o nome “Tutor Hitman REBORN!” (particularmente, acho que poderiam ter mantido o original…)

História

Máfia, Poderosos Chefões, intrigas, golpes de estado, muita grana. Não, nada disso!

KHR!, abreviando, conta a história do “bom-em-nada” Tsunayoshi Sawada ( Dame-Tsuna ), um garoto preguiçoso, fracote e covarde que, de repente, não mais que de repente, é surpreendido por um estranho professor particular que lhe diz, sem meias palavras, que deverá se tornar o décimo chefe  ( Jyuudaime ) da família mais poderosa da máfia, a Vongola. Esse tutor nada mais é que um bebê que se veste como um gangster, com direito a chapéu e armas que não são de brinquedo.  O garotinho é Reborn, um famoso hitman. À partir da chegada do tutor, a vida de Tsuna torna-se um caos. Ele é obrigado a estudar mais do que gostaria, a fazer tudo o que não tinha vontade na marra e se envolver em problemas que até então não eram dele. Tudo isso sem reclamar, pois caso o fizesse, o castigo seriam bofetadas violentas.

Tsuna se declarando. Scan.

Tudo vai de caos à tormenta quando Tsuna é apresentado, também contra sua vontade, à Shinu Ki Dan, ou seja, a “Bala do Último Desejo”. Como foram apresentados?  O tiro foi à queima roupa e acertou em cheio a testa de Tsuna.  Reborn soube nesse momento que Shinu Ki Dan e Tsuna foram feitos um para o outro.

Os efeitos da bala: caso a pessoa atingida tenha algum tipo de arrependimento à beira da morte, como por exemplo, não ter se confessado para a pessoa amada, ela recebe uma segunda chance para reverter tal situação. Se não houver arrependimentos, o que aguarda a pessoa baleada é a morte. Nada mais.

Tsuna felizmente tinha arrependimentos. E o primeiro deles foi justamente não ter se confessado para a menina à qual era apaixonado: Sasagawa Kyoko. Com essa segunda chance em mãos, ele correu até ela e se declarou, em frente ao colégio. A única coisa que ele não percebeu até a Shinu Ki Dan perder o efeito foi que estava só de cueca, com uma estranha chama lhe saindo da testa e que gritava enlouquecidamente enquanto uma platéia, além de Kyoko, o assistia boquiaberta. A garota fugiu e todos riram de Tsuna, que, à partir de então, tornou-se uma piada ainda maior entre os colegas da escola.

 

Arcos

Daily Life Arc (Dias Normais)

Gokudera, Yamamoto, Reborn e Tsuna.Original.

Esse arco é basicamente comédia e loucura!  Nesses episódios/capítulos, Tsuna passa por situações cômicas, a maioria graças à Reborn que, volta e meia, causa algum problema proposital para que o pupilo resolva, e assim, evolua tanto como pessoa quanto em caráter e força,  atirando nele a Shinu Ki Dan. No arco,  Tsuna que antes era um menino sozinho e que sofria, literalmente, bullying, faz várias amizades , incluindo sua amada Sasagawa Kyoko.

Confesso que por pouco não abandonei REBORN! por causa desse arco. É um teste à paciência! O protagonista nesse começo de série é um chatoreclamãobundãoinsuportável! Minha dica para você que ainda não leu/assistiu: persista, pois a série fica realmente interessante a partir do próximo arco.

 

Kokuyo Arc

Kokuyo x Vongola. Arte Oficial. Artbook disponibilizado na página da Akira Amano.

Os alunos do Colégio Namimori começam a sofrer ataques estranhos e violentos. As pessoas ficam, além de intrigadas, assustadas. Ninguém sabe o porquê desses ataques e Tsuna prefere manter-se afastado dos mesmos. Isso até seus amigos se tornarem vítimas e o mesmo ser obrigado por Reborn, a partir de ordens do nono chefe da Família Vongola, a conter os inimigos e trazer a paz de volta à Namimori. Hora de agir (contra sua vontade, claro). Nesse arco a série deixa seu lado totalmente cômico, tornando-se mais séria. Tsuna e seus novos amigos vão para a abandonada Kokuyo Land, lugar onde lhes informaram que estariam os causadores dos ataques. Os inimigos são fugitivos da “Prisão de Segurança Máxima” da máfia e são perigosos. São os primeiros vilões da série e dão muito trabalho para os mocinhos.

Varia Arc

vs. Varia. Cena do anime.

Particularmente, foi nesse arco em que eu tomei realmente gosto por REBORN! Esses são os capítulos/episódios em que Vongola e Varia se enfrentam. O intuito dessa batalha é decidir com quem ficará os Anéis Vongola e, o mais importante, quem será o Décimo chefe da família mais poderosa da máfia: Tsuna ou Xanxus, o filho adotivo do nono chefe. A princípio Tsuna recusou-se a lutar, mas sem escolha, concordou. Concordou pelo bem de seus amigos, decidindo que os protegeria, não importa como. Nesse arco todos os personagens treinam bastante, cada um à seu modo e cada um com seu próprio tutor, evoluindo suas técnicas de batalha, habilidades e força.

Future Arc (Futuro)

vs. Millefiore. Artbook Oficial disponibilizado na página da Akira Amano.

Com toda certeza é o melhor arco da série. Nesses capítulos/episódios, Tsuna e seus amigos vão para o futuro, onde precisam deter a Família Millefiore e seu chefe, Byakuran, que têm causado caos por onde passam e perseguido a Vongola e seus aliados, os massacrando sem piedade. O objetivo de Byakuran é reunir todos os elementos do Tri-ni-set: as Chupetas dos Arcobalenos, os Anéis Mare e os Anéis Vongola. O chefe da Millefiore quer poder, quer se tornar um deus em todos os mundos paralelos em que vive e transformar o mundo num lugar ideal, que para ele é um mundo onde o caos prevalece. O interessante desse arco (PARA A NOSSA ALEGRIAAA! ) é que podemos degustar da forma adulta de alguns personagens e ver como eles se tornam extremamente fortes, habilidosos e mais lindos =3.

Choice Arc (Escolha)

Tsuna, os Guardiões e seus Animal Boxes.

Ainda no futuro, Tsuna e seus amigos precisam enfrentar os sete aliados mais poderosos de Byakuran, os Roku Chouka. Para isso eles vão para uma dimensão paralela e à partir de um sorteio feito com uma roleta, é decidido quem lutará contra quem.

O que é “Choice”? É um jogo que Byakuran e Irie Shoichi criaram quando mais jovens. Nele, cada time divide seus membros em dois grupos. Um dos times escolhe o campo de batalha e, cada um deles tem uma base fixa, onde um dos membros dá apoio aos outros, informando lugares no mapa, etc. Em cada time, um membro será o alvo que ficará marcado por uma chama. A chama que for apagada primeira perde, com isso, o time todo. É um jogo de perseguição. O time vencedor escolhe seu prêmio, que é decidir o que o perdedor deve fazer.

Future Final Battle Arc (Batalha Final do Futuro)

Tsuna x Byakuran. Cena do anime.

A Vongola perde na Choice, porém Uni (Yuni), uma das Arcobalenos da Millefiore que até então fingia estar do lado de Byakuran, escolhe ficar com Tsuna e pede para que ele a proteja, usando assim o prêmio e seu direito de escolha. Uni é a chave para que o plano de Byakuran se concretize. A batalha final traz lutas entre os Guardiões Vongola, com apoio da Varia contra os Roku Chouka. A luta mais esperada até então é entre Byakuran e Tsuna, que não deixa nada a desejar.

Os arcos seguintes constam apenas no manga.

 Inheritancy Ceremony Arc (Cerimônia de Sucessão)

Família Simon. Arte oficial.

Nesse arco Tsuna finalmente tomaria posse da Vongola, se oficializando como o Décimo Chefe. Porém, a Família Simon e seu chefe Enma interferem na cerimônia com um ataque surpresa. Os Simon se sentem traídos pela Vongola desde a primeira geração até os dias atuais e buscam vingar seu orgulho.

Começa então uma batalha entre orgulhos, feridos ou não. A cada luta concluída, a Vindice (Guardiões que protegem as leis da Máfia) mostra partes do passado de ambas as famílias, revelando que eram grandes amigas desde o começo e que jamais houve traição alguma entre elas. Também descobre-se que os Simon estavam sendo enganados e usados injustamente por Daemon Spade para alcançar seus objetivos. O antigo membro da Vongola fez com que Enma e seus amigos acreditassem que, no passado, a Família Simon havia sido abandonada para morrer pela Vongola durante uma guerra, o que não era verdade.  É um arco bem comovente onde, no final, os laços de amizade verdadeira prevalecem, se fortalecendo.

 

The Course of The Rainbow Arc (A Maldição do Arco-íris)

Tsuna x Bermuda. Arte oficial.

É o ultimo arco da série, onde tudo é revelado. Os mistérios sobre os Arcobalenos e sua maldição, o que eles realmente são, como tudo começou e como tudo prevalece até os dias atuais. As batalhas mais difíceis com certeza são as desses capítulos. A Akira Amano pregou muita peça e destruiu os corações das fangirls histéricas que viam seus amados personagens caírem, um a um, de maneiras que iam de cruéis à humilhantes, por um vilão totalmente bizarro e overpower.

Nesse arco Tsuna age decidido, nada comparado ao garoto “bom-em-nada” que víamos no começo da série. Ele evoluiu, sempre tendo em mente proteger seus amigos, agindo como um verdadeiro chefe, reunindo TODOS seus adversários anteriores e os convencendo a lutar à seu lado. Nesse último arco seu objetivo foi ajudar Reborn e os Arcobalenos, quebrando a maldição caída sobre eles e salvá-los da morte certa.

Curiosidade

No anime temos dois arcos que não constam no mangá. O “Desafio dos Arcobalenos” e o “Desafio da Primeira Família Vongola (Sucessão)” que basicamente mostram testes e treinamentos que buscam polir as habilidades e aumentar o poder de Tsuna e seus amigos, para estarem preparados para as batalhas que seguiriam.

Mas o que é isso Mah-chan? Mutia informação, eu não entendo! Calma, vou explicar tudinho.

As Famílias

KHR! é recheado de famílias da máfia, seguem algumas delas.

Vongola

Surgiu com a idéia de dois amigos e foi continuada por Giotto, o Vongola Primo. De início a família era formada por um grupo de vigilantes que buscavam proteger as pessoas. Eram eles: Giotto, G, Ugetsu, Lampo, Alaude, Knuckle e Daemon Spade. Com o tempo, a família precisou ser sucedida e novos chefes tomaram posse. Corrupção, ganância, maldade. Durante dez gerações a Vongola sofreu mudanças, indo de um pacífico grupo de vigilantes com boas intenções para uma família com histórico sanguinário. Porém, com o surgimento da décima geração que são herdeiros diretos das novamente para o caminho do bem. É uma família com grande influencia e seguidores.

Varia

Formada por um grupo de anti-heróis psicopatas, é uma organização independente da Vongola responsável por todo o tipo de assassinato. É formada por assassinos geniais, que gostam do que fazem e fazem com perfeição. Agora, não me pergunte o que é perfeição para cada um deles, já que são sádicos. Formada pelo líder Xanxus e seu amigo de infância Squalo, além de Belphegor, Leviathan, Mammon, Lussuria, e, no futuro por Fran, eles se dão bem do jeitinho especial deles que vai de “idiota” à “lixo”.

Cavallone

Com o brasão de um majestoso cavalo empinado, a família tem como líder o tatuado italiano Dino Cavallone. Assim como a Vongola, ela é uma poderosa e conhecida família da máfia. Foi de extrema importância e de muita ajuda para Tsuna e seus amigos em todos os arcos. Dino sempre esteve presente nas batalhas, seja participando delas ou apenas dando algum tipo de apoio ou treinamento.  Com ele sempre estava Romario e seus homens, já que sozinho o chefe dos Cavallone é um cara desastrado que consegue tropeçar no próprio pé. (Dino, meu amor eterno <3)

Simon

É a família que tem ligação direta com a Vongola, desde a sua criação. Cozart e Giotto eram mais que amigos, eram como irmãos. Numa grande guerra da máfia, um dos Guardiões da Vongola, Daemon Spade, criou uma armadilha para que os Si mon e seu chefe fossem mortos. Graças à sua Hyper Intuição, Giotto conseguiu prever que algo ruim aconteceria ao amigo, enviando outros guardiões para salvá-lo. Então, para prevenir trazer novos problemas para a Vongola, Cozart resolveu, junto com Giotto, mentir sobre suas mortes levando todos os sobreviventes de sua família até um lugar isolado, longe, onde ninguém pudesse encontrá-los. Uma decisão muito difícil para amigos tão apegados. Durante todas as gerações seguintes acreditou-se que Cozart e sua família haviam realmente sido mortos.

 Millefiore

É a família mais poderosa da máfia no futuro, sendo dividida em dois grupos: Black Spell e White Spell. O primeiro sendo formado pela Família Giglio Nero e o segundo pela Família Gesso. O único objetivo de seu líder, Byakuran, é poder.


Nota da editora: Como o artigo ficou enooorme e muito compreensivo, decidi dividir em duas partes. Aguarde a conclusão desta matéria na semana que vem!



Sobre Kure Mah

Kure Mah. Fujoshi com grande senso de humor, às vezes bastante exagerado. Pessoa do interior que foi morar na cidade grande e fala com o "R" puxado. Pra sempre cosplayer iniciante. Ver todos os tópicos de Kure Mah

2 Comentários a Fujoshi Eye: Katekyo Hitman Reborn – parte 1

  1. Fernanda Gonçalves

    Pra mim, Katekyo Hitman Reborn! é um dos melhores mangás/animes da atualidade. Comecei a gostar bem no inicio do lançamento do anime e de cara me apaixonei. Ao contrário de muita gente, eu acho o primeiro arco (Daily Life) muito legal, pois adoro animes de comédia … e nesse arco boas risadas são garantidas (Principalmente por causa do Lambo).

    Fiquei muito surpresa quando se transformou em um "battle shounen" , mas como eu tbm adoro esse tipo de gênero, fiquei muito empolgada. Sou uma das pessoas que torce (e muito) pela continuação do anime.

    Realmente, o Katekyo Hitman Reborn é um prato cheio para as fujoshis de plantão (Eu o/). Existe a possibilidades de muitos casais (muitos meeesmo), e sempre surge uma situação ou outra que vc pode achar que tem algo (ou não XD).
    Meu casal favorito é o Yamamoto x Gokudera (conhecido tbm como 8059), eles são lindos e eu acho que eles combinam muito (Gokudera seria o típico uke Tsudere *-*). Também adoro Dino x Hibari (D18).

    Fiquei super feliz com o anúncio da Panini e estou colecionando como uma boa Fã. Até o momento eu achei a adaptação deles aceitável (Li somente o primeiro volume da edição nacional), mas pelos comentários eu vi que perdemos o famoso "Kami kuroso" do Hibari (Que só aparece a partir do volume 2).

    *P.S: Também gostaria que eles mantivessem o titulo original, não consigo falar Tutor, fica meio estranho XD

  2. Nyaah :3 Reborn! Amo esse anime, apesar de que eu não gosto de tanto yaoi no anime, principalmente porque não shippo D18 mesmo amando yaoi ( porque shippo o Kyoya com a Chrome, sim, desculpem, e eles são minha OTP), mas eu shippo Tsuna x Mukuro e alguns outros. Gostei da materia :3

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Calendário de posts

maio 2013
S T Q Q S S D
« abr   jun »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Amazon Brasil

Lojas Online

Facebook

Twitter