Conheça o mais recente fenômeno fujoshi!

Tiger & Bunny – Fujoshi Eye: resenha

Tiger & Bunny - Fujoshi Eye: resenha

Este é o post de estreia da nossa nova coluna, Fujoshi Eye, que se propõe a apresentar animes, mangás, livros e outras obras não-yaoi pela ótica dos fãs do gênero!  Esta matéria será dividida em três partes, sendo a primeira esta resenha.

Escolhi Tiger & Bunny para abrir nossa editoria, pois acredito que seja um dos maiores fenômenos fujoshi dos últimos tempos! Veja o motivo de tanto furor através do nosso Fujoshi Eye:

Apresentação

Contando com um tema popular nos comics mas não tanto nos animes, uma trama simples porém bem amarrada e personagens cativantes, Tiger and  Bunny conquistou rapidamente uma legião de fãs e deixou toda a comunidade fujoshi em polvorosa.

Tiger & Bunny é um shounen ( animação voltada para o público masculino jovem ) da Sunrise, com direção de Keiichi Sato (City Hunter, Wolf’s Rain) e character design de Masakazu Katsura (mangaká criador de Video Girl Ai,  DNA2, I’s,  e character designer de Iria: Zeiram the animation) . O anime tem roteiro original, mas ganhou  posteriormente um mangá oneshot pela Weekly Young Jump, com arte do próprio Katsura, e duas side-stories por Sakakibara Mizuki e a dupla Yoshida Erika e Ueda Hiroshi. Além dos inúmeros fanbooks.

Na Tokyo Anime Fair 2012 que ocorreu em fevereiro, o anime ganhou três prêmios: TV Anime Excellence Award ( juntamente com Puella Magi Madoka Magica), Seiyuu Award (Hirata Hiroaki como Wild Tiger),  e Character Design Award (Katsura Masakazu).

Infelizmente o anime teve apenas uma temporada e não há indícios de uma continuação em série de tv. No entanto, há dois filmes em produção: Tiger and Bunny – The Beggining, que será exibido em setembro e que aparentemente se trata da mesma história recontada com algumas adições, e o segundo filme, que deve sair só em 2013, de acordo com a produção será uma história totalmente nova, contendo alguns personagens novos também.

O anime estreou na temporada de primavera de 2011, teve 25 episódios, iniciando em abril e com término em setembro. Na Comiket de outubro, Tiger & Bunny já era a  série com o segundo maior número de doujinshis da feira, sendo a mais popular entre as mulheres.

A equipe de produção da série chegou a revelar que não imaginava que o título se tornaria febre junto ao público feminino, em especial donas de casa.

E não foram apenas as meras mortais que se apaixonaram pelos protagonistas Kotetsu (Tiger) e Barnaby (Bunny): algumas das mais famosas mangakas BL prestaram suas homenagens à dupla em forma de doujinshis e fanarts, como Fusanosuke Inariya, Kazuma Kodaka, Watanabe Asia, Miyamoto Kano, Hoshino Lily, Yun Kouga entre outras.

Sem contar, é claro, que até uma produtora de filmes adultos criou um pornô baseado em Tiger & Bunny, com atores vestindo cosplays.

História e Personagens

A história deste anime se passa em uma linha do tempo alternativa, isto é, no ano de 1978 NC, na cidade de Sternbild, uma espécie de Nova York  retrofuturista . Nesta realidade, certas pessoas desenvolveram, por mutação, poderes especiais, e estes indivíduos são chamados NEXT.

Como era de se esperar, alguns NEXT se tornaram super heróis. Mas a vida destes heróis é bastante incomum, eles disputam pontos combatendo o crime em uma espécie de reality show, a “Hero TV”. Cada um dos heróis é patrocinado por grandes empresas (reais), sendo que seus uniformes exibem tais logomarcas.

Os heróis de Sternbild

Wild Tiger (Kotetsu Kaburagi)

É um homem de meia idade, viúvo. Tem uma filha pré-adolescente que não sabe que ele é um herói.

Seu poder consiste em aumentar suas capacidades físicas uma centena de vezes (One Hundred Power), mas por apenas 5 minutos. Embora seja um herói veterano, Tiger já viu dias melhores e sua carreira está em decadência.

Kotetsu é um herói à moda antiga: gosta de agir à sua maneira, tem valores muito rígidos, é impulsivo e intenso, mas tem um grande coração. Sua carreira como herói foi inspirada em um herói do passado chamado Mr. Legend, em quem baseia seus ideais de justiça.

Barnaby Brooks Jr. “Bunny”

Tem 25 anos, é bonito, inteligente e tem um poder idêntico ao de Kotetsu.

Barnaby foi treinado para ser um herói desde muito cedo. Metódico e ponderado, ele faz o que tem que fazer para alcançar o objetivo de vingar o assassinato de seus pais, que presenciou quando era apenas uma criança.

Apesar de parecer perfeito aos olhos da mídia, Barnaby é uma pessoa desconfiada, que fechou seu coração devido ao trauma de infância.


Sky High (Keith Goodman)

Conhecido como o Rei dos Heróis, controla os poderes do ar e do vento, pode voar usando um jetpack.

É um sujeito muito correto, patriótico e até inocente, como os heróis clássicos americanos. Sua personalidade é exagerada e otimista.


Blue Rose (Karina Lyle)

Heroína, idol, e garota propaganda em uma moça só.  O seu sonho era se tornar uma cantora e por isso aceitou o trabalho de heroína.

Não é uma heroína exemplar, não raro foge das lutas, mas mesmo nessas situações embaraçosas, o seu charme e beleza mantém sua popularidade.

Tem poderes de gelo e faz o comercial da Pepsi NEX, um refrigerante light comercializado no Japão.


Dragon Kid (Huang Pao-Lin)

É a mais jovem do grupo, mas uma heroína promissora.

Tem poderes elétricos e é mestre em kung fu. Tomboy, diz não gostar de “coisas de menina”, mas tem uma personalidade amável.


Fire Emblem (Nathan Seymour)

O herói mais “flamboyant” do grupo.

Usa poderes de fogo e parece ter bastante controle sobre eles. É claramente gay, ao estilo “okama”, e muitas vezes refere a si mesmo como sendo “uma das garotas”.

Mas Fire Emblem não é frágil como uma donzela em perigo e além de poderoso, é o único herói dono de sua própria empresa.


Origami Cyclone  (Ivan Karelin)

Um jovem e inseguro herói que faz de tudo para aparecer na tv e agradar os seus patrocinadores.

O seu poder é o de copiar a aparência e a voz de qualquer pessoa, o que ele mesmo acredita ser uma capacidade inútil.


Rock Bison (Antonio Lopez)

Tem o poder da super força e é quase invulnerável, mas é sempre delegado para segundo plano. Faz um tipo “gigante gentil e atrapalhado”.

É o maior amigo do Kotetsu desde a escola e alvo constante dos avanços de Fire Emblem.

No primeiro episódio da série, conhecemos o dia-a-dia destes heróis  (em uma apresentação até meio “explicandinha” demais) e acompanhamos a incapacidade de Kotetsu em prender um criminoso sem destruir o patrimônio público. Embora tome atitudes precipitadas e acabe fazendo besteiras, Kotetsu mostra uma vontade honesta de fazer cumprir a lei e garantir a segurança dos cidadãos. Diferentemente dos outros, ele esnoba o sistema de pontos e se recusa a seguir instruções da Hero TV para ficar, literalmente, “bem na fita”.

Pois bem, é durante uma tentativa atrapalhada de capturar um bandido armado que Kotetsu perde os poderes em pleno ar, e é resgatado por Barnaby (neste ponto ainda desconhecido pelos heróis) no melhor estilo “princesa”.

Kotetsu e Barnaby já começam sua relação se alfinetando: Kotetsu acha que é um absurdo que um herói mostre o rosto em público e Barnaby retruca que ele está ultrapassado e passa a chamá-lo de “ojisan” (termo coloquial para homens mais velhos, coroa.).

Posteriormente, Barnaby é apresentado na Hero TV como o novo herói de Sternbild e torna-se quase que automaticamente uma estrela, roubando a atenção de todos, em especial por usar o seu nome real, mostrar o rosto e claro, ainda ser um ikemen. Obviamente, Kotetsu não gosta nada desta atitude.

Após a falência de seu patrocinador por conta de todos os estragos que causou, Kotetsu é intimado chamado  para se juntar ao grupo Apollon Media, como parceiro de Barnaby, formando a primeira dupla de heróis da história. Sem outras alternativas, Tiger e Bunny são pressionados a trabalhar em conjunto e o começo não é nada fácil para ambos: na visão de Barnaby, Kotetsu atrapalha mais do que ajuda e Kotetsu, por sua vez, sente-se  inferiorizado em ser reduzido ao sidekick de um novato (que lhe parece extremamente arrogante) nesta altura da vida.

Nos primeiros episódios, a trama parece um pouco óbvia e até infantil, mas ela começa a engrenar quando os protagonistas passam a investigar a morte dos pais de Barnaby e quando um novo antagonista é revelado:  Lunatic, um NEXT poderoso que assassina criminosos e põe em cheque a existência dos heróis.

Opinião

Além da história interessante, a trilha sonora é muito boa e a animação não deixa a desejar. Estranhei um pouco a inserção pesada de recursos de 3d, mas logo acostumei e passei a achar que a opção funcionou bem para aquele visual proposto. O character design é bem bacana, a dublagem é *muito* legal.  Embora as situações sejam bem caricaturais, há críticas à mídia e à sociedade imbutidas na trama, o que me fez sentir um leve “cheiro” de Watchmen nesta abordagem.

Se pudesse apontar alguns problemas na série, seria a falta de vilões realmente profundos, sendo que o único bom antagonista, Lunatic, é pouco explorado. No mais, a trama tem diversos clichês, que além dos clichês de animes, incluem alguns de filme americano. Mas acho que na medida do possível, estes elementos são bem utilizados e não chegaram a ofender.

Kotetsu se destaca como um excelente personagem central. É bem refrescante acompanhar um herói que tem problemas da vida real, que precisa de dinheiro, que precisa se afastar da filha que ama para poder lutar pela justiça na qual ele acredita.  Praticamente sem “mimimi”.

Aliás, acompanhar o desenvolvimento dos personagens é muito prazeiroso, pois todos são muito queridos. em especial o relacionamento de Kotetsu e Barnaby, que trocam farpas enquanto aprendem a conviver juntos. Este é o maior ponto de interesse fujoshi do anime, o bromance entre os protagonistas, que superou todas as minhas expectativas, dando bastante material para minhas fantasias yaoi.

E em momento algum o roteiro do anime se esforça para destruir as nossas ilusões, mantendo-as vivas até o final. Obrigada, diretor-san! T_T

Galeria

A maioria das imagens encontra-se em alta resolução, então podem demorar um pouco para carregar:

Créditos das Imagens: Zerochan | Metanorn

Links

Site Oficial (japonês): http://www.tigerandbunny.net/

Twitter Oficial (japonês): https://twitter.com/#!/TIGERandBUNNY

Wiki (inglês): http://tigerbunny.wikia.com/wiki/Tiger_%26_Bunny_Wiki

Em breve

Esperamos que com este artigo vocês se interessem pelo anime e possamos surtar juntos com a próxima parte desta série de posts: Merchandisings de Tiger & Bunny, que será seguida por Fanworks  e Fandom de Tiger & Bunny ! Até lá!

 



Sobre Tanko

Tanko tem 32 anos, é ilustradora freelancer, noiva, lolita e yaoista militante nas horas vagas. Atualmente reside nas montanhas para escapar do Tsunami e da especulação imobiliária no Rio de Janeiro. Ver todos os tópicos de Tanko

20 Comentários a Tiger & Bunny – Fujoshi Eye: resenha

  1. Kyaaaa!! Quando eu indiquei esse anime para as pessoas, ninguém botou fé!
    Ele é maravilhoso! E o melhor é que os próprios autores disseram que cada um pode interpretar o relacionamento do Barnaby com o Kotetsu da maneira que quiser, amantes, amigos, parentes, pai e filho… Obviamente, eu prefiro amantes…… *-*
    Uma pena que não vai ter segunda temporada, eu gostaria muito mais de uma segunda temporada do que os filmes, mas fazer o quê? T-T
    Acho que os diretores e autores de animes estão percebendo que fanservice dá audiência, porque vou dizer, os animes da temporada estão com uma boa quantidade de fanservice, o que é ótimo para nós né? <3

    • tanko

      Eu mesma levei um tempo para assistir… me convenci quando vi lindas fanarts e doujinshis e elas não paravaaaammmm. *o*

      Não sabia desse babado, se puder me manda o link original? Pai e filho? Só se for sugar daddy, eheheheh. *pervertida estragando a pureza dos personagens*

      Eu também preferia mais uma temporada, já que o primeiro filme não deve acrescentar nada…

      • MORRI COM O SUGAR DADDY KKKKKKKK
        My recent post Photo

    • tanko

      Fora que achei o diretor dizer que ele não esperava popularidade da série entre as mulheres o maior papo furado do mundo…

  2. Que legal essa nova coluna do Blyme! Vai ser um ótimo espaço para falar das obras não-yaoi que dão asas a nossa imaginação Fujoshi ^-^

    T&B realmente virou uma verdadeira febre, principalmente entre as fujoshis. Para você ter uma ideia eu ainda não assisti ao anime, mas mesmo assim já reconheço instantaneamente os personagens principais e já vi muitas FanArts (aliás, a sua do picolé é linda), Fanfics e DJs espalhados por ai.

    A matéria ficou ótima. Me deu muita vontade de ver os episódios que eu já baixei, mas ainda não comecei a assistir.

    Ps: Fujoshi Eye = As fujoshi pira [brinks]

    • tanko

      Que bom que curtiu, muita gente pedia para falar mais de fanservice, então achei que era uma boa ideia. ^^

      Espero que você assista e possa comentar quando fizermos a matéria sobre fandom e fanworks!

  3. Jessy-Chan

    Ainda não assisti Tiger & Bunny, mas já tenho todos os ep. baixados no pc.
    Eu fiquei curiosa para ver esse anime pela quantidade de doujinshis que eu encontro (e dj aparentado ser muito bem feitos!). E agora q li esse artigo, eu estou ainda mais cheia de expectativas!

    • tanko

      Espero que possa assistir… os doujinshis que me convenceram, Jessy, mas também, por incrível que pareça, alguns spoilers que tomei. XD~

  4. Litha-chan

    Adorei essa nova coluna e principalmente por ela se iniciar com T&B. Parabéns Tanko!
    De inicio eu relutei muito, e fui enrolando até ter 13 episódios para baixar. Confesso, depois de alguns minutos do 1°episodio já estava baixando os 12 que faltavam e fiz um delicioso combo de T&B que assisti em praticamente 1dia… e fiquei com uma promessa de úlcera por desejar mais e ter que esperar sair.
    T&B que inicialmente parecia ser um anime mormo, me surpreendeu. A história do caso Barnaby foi parcialmente desvendada, mas aquele final… E Lunatic mais me parece com um coringa, afinal, ele tem um bom cargo… Agora voltando ao final…. Aquele 'final' surtou um bando de fujoshis XD

    Para quem ainda não assistiu Tiger and Bunny: coloque na lista e assim que disponibilizar de um tempo, sente confortavelmente e aproveite, surte, e junte-se aos fãs.

    • tanko

      Que bom que gostou! Acho que todo mundo enrolou um pouco para ver. ^^

      Concordo plenamente com as colocações e claro, a recomendação.

  5. Essa coluna vai ser bem legal, hein?
    E sim, gente, eu curti muito o desenvolvimento da história. Eu, particularmente, não tenho muita paciência pra histórias com esse "formato" de heróis, muito menos se tem alguma coisa remotamente mecha no meio, lol, mas as personalidades dos personagens e o relacionamento (LINDO) entre o Kotetsu e o Bunny me deixaram louca. Vi tudo rapidinho, foi impressionante, e SIM, OBRIGADA, DIRETOR-SAN, POR NÃO DESTRUIR NOSSAS FANTASIAS! Achei que foi tudo até romântico demais, mais do que eu esperava, certeza.
    Eu meio que tô feliz com essa única temporada, não gosto quando as coisas se alongam demais, mas o que me faz sofrer são os dj que essas autoras criam, é cada coisa de partir o coração, pqp, E AINDA COM CONTINUAÇÃO POR VIR/A SER TRADUZIDA.
    Mazenfim, é isso, fiquei feliz por ter assistido essa série, tem muito potencial BL, sem dúvida.
    My recent post Photo

    • tanko

      Heheheheh, eu ajudei a convencer a Aline, ainda bem que ela não parece decepcionada…

      A coisa de super-heróis e "mecha" não é muito popular não só entre as fujoshi como entre os fãs de anime do Brasil em geral, mas ainda assim, felizmente a história é mais focada mesmo nos personagens como você disse. ^^

      Eu não vejo muito para onde a história poderia caminhar depois do final, acho que ficou redondinha… mas confesso que gostaria de uma segunda temporada porque amo os personagens e fiquei com saudades. =D

      De repente eles inventam coisas novas no mangá.

  6. Eu NÃO recomendo porque esse anime foi feito para roubar a alma das fujoshis e deixá-las desesperadas, tendo sonhos impróprio com o Tiger e o Bunny, e é mais viciante que cola de sapateiro -qqq e tão logo você se vicie as doujinshis da net se esgotam e você entra em crise de abstinência, e, e…. Eu quero mais!! @-@

    ~

    Ótima matéria! parabéns ao pessoal do Blyme! perfeita, muito completa!

  7. Zena

    Que legal você fazendo um artigo sobre Tiger and Bunny, Tanko! Mas é merecido. Eu demorei pra assistir T&B (bem….), acho que estava no episódio 10. Entrava todo dia no anitube e via lá: Tiger and Bunny, com uma foto do Barnaby. Mas um dia tomei vergonha na cara e fui tentar assistir, por que, o Barnaby me atraiu tanto naquela imagem, COM AQUELE CABELO. AHUIAHUIAUHAUIHAUIAH

    Foi aí que comecei a frequentar muito mais o tumblr: mano, nunca vi um fandom mais foda que o de T&B. Todo sábado, às 15:30 (lançamento de novo episódio ainda RAW), todo mundo comentando no tumblr, sobre como achou do novo episódio, sobre como o episódio foi HOMO, foi GAY. E sabe, é gostoso (e engraçado) de ver que não é apenas você que está curtindo a série, queria uma segunda temporada justamente para continuar com esse clima lindo T^T

    Tiger and Bunny sempre deixou a desejar, e o anime nunca me decepcionou: afinal, eu apenas tinha olhos para Kotetsu e Barnaby. E em questão de aprimorar o relacionamento deles, o diretor foi ótimo.

  8. blyakko

    Aaaaahhhh, adoro T&B! Achei que fosse levar algum tempo para essa matéria sair, fiquei superfeliz pela rapidez =D

    Engraçado como quase todo mundo diz que não fazia fé no anime, que custou a decidir ver, etc. Eu passei pela mesma coisa, via a sinopse, os screencaps na web e achava que devia ser uma bomba, mas no dia que finalmente me decidi e assisti o primeiro episódio, me apaixonei.

    Kotetsu e Barnaby foram feitos um para o outro, não há como negar. Fico arrepiada toda vez q vejo aquela cena do fim da luta com o Jake e toda a reta final da série, gente, tantos momentos yaoizáveis que você se pergunta se está mesmo vendo um anime shonen XDDD

    Adorei a matéria, Tanko, achei o máximo pela profundidade, todas as reviews de T&B que tenho visto são muito curtas e superficiais. E gostei mais ainda que você tenha planejado matérias separadas para tratar do merchandising e dos fanworks de T&B, esta série merece muito amor e atenção. =^_^=

  9. mahlenneth

    Como o primeiro comentário eu também indiquei esse anime pras minhas amigas e nenhuma botou fé, mas com certeza é um dos melhores shounens que já assisti. Eu amei muito esse anime e to esperando ansiosamente pelo filme *-*
    Também acho q trilha sonora muito boa =D
    E agora que saiu o cd com as músicas dos personagens, muito legal *-*
    A música da Blue Rose e do Ivan são as mais legais XD

  10. voy

    Gostei da coluna ^^
    Conheci o anime ja tinha acabado, a sinopse não me deu interesse nenhum em ver o anime mas, umas fanarts que vi no tumblr despertou o interesse no fudanshi dentro de mim kkk
    Mas, contrariando 80% do fandom(de fujoshis/fudanshis pelo menos '-') eu não vejo kotetsu e barnaby como um casal '-' serio, antonio, é antonio mesmo? que seja, o… Rock Bison x Kotetsu da um casal mais bonito. Um episodio acho que dos ultimos, o kotetsu falando pro rock que se ele morresse era para o rock cuidar da filha, e o brilho nos olhos do Rock, foi muito fofo '-' kotetsu x bunny tambem tem seus momentos "shippaveis" mas ainda assim prefiro o kotetsu com o rock ><

  11. Como eu disse no dia nacional do yaoi, Tiger &Bunny, um anime fujojisticamente suspeito!

  12. Olá Tanko, tudo bom?
    Sou estudante de Comunicação-Publicidade e quero fazer minha monografia sobre o uso de marcas em animes; mais especificamente Tigger&Bunny.

    Gostaria de saber se vc pode me ajudar com indicações de fontes de conteúdo para pesquisa sobre T&B e até indicações de outros títulos, yaoi ou não, que contenham esses “merchandisings”?

    O Blyme é ótimo em conteúdo e vejo q vcs têm bastante entusiasmo por animes, assim como mais conhecimento sobre esse universo do que eu (que sou apenas um grande entusiasta).

    Agradeço qualquer indicação que possa me dar acerca do assunto “merchan/anime”. Qualquer mesmo.

    Aguardo sua resposta ansiosamente.
    Abç.

    • tanko

      Faremos o máximo pra ajudar, é só você mandar um email para o blymeyaoi@gmail.com explicando o que precisa. =D

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Calendário de posts

março 2012
S T Q Q S S D
« fev   abr »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Amazon Brasil

Lojas Online

Facebook

Twitter