O site que noticia tudo o que é yaoi!

Cut – resenha

Cut - resenha

Esse foi o terceiro mangá de Toko Kawai que peguei para ler. Já havia ouvido falar sobre, mas até então ele estava meio esquecido na minha listinha de “mangás que preciso ler” (todo mundo tem uma ne?).

Comparando com os outros dois, que eram histórias mais felizes e açucaradas, esse título tem um clima mais pesado e sério, contendo temas como abuso, traumas psicológicos e automutilação. Mas antes que alguém desista de ler porque talvez não goste desse tipo de assunto, já digo: Vale a pena!

Cut conta sobre o encontro de dois jovens colegiais, Chiaki Sakaguchi e Eiji Yukimura, ambos com profundas marcas emocionais. Os dois estudam na mesma escola, mas só se conhecem após uma noite em que Eiji, saindo do trabalho para descansar no parque, vê Chiaki fazendo sexo com um homem mais velho.

No dia seguinte, os dois se encontram na escola e Chiaki vai atrás do outro para pedir que ele não diga nada, principalmente porque o homem mais velho era seu padrasto. No meio da discussão, Chiaki acaba puxando a manga comprida do uniforme de Eiji e vê um profundo corte por toda a extensão do braço do rapaz. Ele se pergunta o motivo daquele ferimento e sua curiosidade pelo outro acaba levando os dois a terem uma relação mais amigável. Passam a conversar diariamente e a matar aula juntos no telhado do colégio.

Conforme eles vão se conhecendo melhor, nós também começamos a descobrir sobre suas vidas. Chiaki se culpa por seu pai ter morrido num acidente de carro quando ele era mais novo. Ele acha injusto ter sido o único sobrevivente e sua mãe o odeia por também culpá-lo pelo ocorrido. Sendo ignorado por ela durante a infância e adolescência, ele se “vinga” passando a dormir com o novo marido da mãe, que já olhava para ele com outros olhos desde que era pequeno. Desde então, os dois vivem uma relação puramente sexual e dolorosa, tanto fisicamente quanto emocionalmente, já que Chiaki odeia o homem, mas diz que se sente melhor com toda aquela dor.

Já Eiji é o contrário, ele odeia sentir dor, mas foi ferido fisicamente por sua mãe, que o teve ainda muito nova e tinha problemas psicológicos. Num surto, a menina pega uma faca e fere o pequeno Eiji por todo o corpo. Anos depois, ele ainda tem um forte trauma e quando alguém o toca, ele se desespera e revive o momento em que quase foi morto.

O encontro dos dois muda suas vidas: Chiaki passa a acreditar que pode ser amado e viver sem dor e Eiji passa a confiar nos outros e a lembrança de sua mãe já não o assusta tanto, já que não é mais uma criança abandonada e ferida.

Mais uma vez, a maneira de Kawai-sensei contar histórias me fascina! Ela tem muita facilidade em passar emoções em seus desenhos, por mais simples que eles sejam. E Cut é uma história que emociona. Mesmo que não seja o tipo que chora lendo mangás, o leitor sente pela vida desses personagens e quer que o final dos dois seja um feliz.

Altamente recomendado pra qualquer um atrás de uma boa história!

 

 



Sobre Anna

Fã de yaoi desde 2004 e compradora compulsiva de mangás! Ver todos os tópicos de Anna

12 Comentários a Cut – resenha

  1. Parece interessante e, ao meu ver, bem delicado. Um enredo desses pode ser excelente como pode ser uma grande furada. Como a dica é daqui do blyme, eu confio. Além disso, gosto de tramas fortes e amo um dramalhão. Talvez CUT seja uma boa leitura para mim. Se trata de um one shot?

    • Não diria que é um dramalhão, mas é um mangá bem bonito! É volume único ^^

  2. Sinthia

    Já li e achei muito fofo ^^
    Poderia vir para o Brasil também o/

  3. Ceusssss
    q historiaaaaa
    estou doida pra ler…

  4. Keiko Maxwell

    CUUUUUUUUUUUUT!!!!!! *-* CUUUUUUUUUUUT!!!! *-* CUUUUUUUUUUUT!!! *-*
    *tem um treco e morre*
    Eu AMO esse manga!
    Foi o primeiro manga yaoi que editei e cara, marcou tantoooo!!! Sério, a história é tão linda que dói! T^T
    Me lembro quando tava editando as páginas de sequisso XDDD Era muito engraçado eu, com 14 anos na época, com a página aberta no pc e tentando esconder da minha mãe HAUAHUAHUHAU
    Esse é um manga que se viesse para o Brasil, vendia como água, pois além de tratar de uma história linda, já conheci muito adolescente que tem problemas parecidos (automutilação eu conheci uns cinco u.ú)….
    Esse manga que me fez virar fã da Toko *___________* Eu amo ele… sério! Acho q é o único manga que eu realmente me lembro de quase todas as passagens da história (eu morro de vontade de fazer a linguinha com o dedo para alguém XD).
    Nossa Anna, fiquei besta agora com essa resenha… Muito bom mesmo o/

    • Adoro a empolgação da Keiko ahahaha
      Infelismente só vim a conhecer Cut faz pouco tempo, mas é mesmo uma história linda e tocante!!

  5. Eu falei desse mangá no meu blog faz teeeeempo… A premissa de automutilação faz pensar que é algo muito over the top em questão de drama, eu mesmo relutei muito pra ler, mas por fim é muito bom.

  6. Rika-chan

    Um dos primeiros mangás yaoi q eu li, acho q foi com ele q comecei a curtir drama. Talvez pensem q o plot é surreal, mas é bem possível, só pq a gente tem uma vida normal não significa q com todos seja assim. E como a Keiko falou automutilação não é tão difícil de se encontrar, tenho uma amiga q fazia isso. Enfim, é uma ótima leitura e parabéns Anna pela resenha ^^

  7. Xeretinha

    Eu gosto desse manga, e gostei da resenha. Os mangás de Touko Kawai são gostosos de ler.
    O blog está lindo!!!!
    Feliz páscoa pessoal :D

  8. Eu conheço esse mangá há um bom tempo, e por alguns anos ele foi meu preferido. Ele foi uma das primeiras histórias que eu li que tinha esse ar mais obscuro, e me apaixonei de cara, porque eu não sou muito fã de comédia ou romance, prefiro drama, mesmo.
    Eu gostei da resenha, deixou aquele ar de 'lê logo 8D' mas mesmo assim só falando (sem spoilers) é difícil conseguir deixar claro como a história é pesada.
    Bom, agora eu diria que ele não é mais meu preferido (Bohra Naono entrou na minha vida depois disso) e que de tanto ler eu acabei reparando em algumas coisas que poderiam ser melhoradas, mas como isso acontece só porque eu sou muito chata, eu ainda acho a recomendação realmente ótima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Calendário de posts

abril 2011
S T Q Q S S D
« mar   mai »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Amazon Brasil

Lojas Online

Facebook

Twitter