O site que noticia tudo o que é yaoi!

24nen Gumi – Grupo do ano 24

24nen Gumi - Grupo do ano 24

Coração de Thomas, de Moto Hagio, um dos pioneiros do gênero BL/shounen-ai.

Novamente a palavra do dia é pouco ortodoxa e traz uma expressão. Conheça o Grupo do Ano 24 ou “forty-niners” (49’s), composto por algumas das mais influentes mangakas do shoujo que entre outros pioneirismos notáveis ajudaram a construir o gênero BL.

“O Grupo do Ano 24 (24年組, Nijūyo-nen Gumi) refere-se a um dos grupos de artistas de mangá que são considerados como tendo revolucionado o shoujo mangá. Seus trabalhos geralmente examinam “questões radicais e filosóficas”, incluindo sexualidade e questões de gênero, e muitos deles são considerados obras clássicas do shoujo mangá.

Muitas das artistas do primeiro grupo Grupo da Flor do Ano 24 (花の24年組, Hana no Nijūyo-nen Gumi), também conhecidas como “forty-niners” (49’s) nasceram em Shōwa 24 (1949). A lista exata dos membros não é definida precisamente, mas inclui Yasuko Aoike, Moto Hagio, Riyoko Ikeda, Yumiko Ōshima, Keiko Takemiya, Toshie Kihara, Ryoko Yamagishi, Minori Kimura, Nanae Sasaya, and Mineko Yamada. Um segundo grupo conhecido como Grupo Pós Ano 24 (ポスト24年組, Posuto Nijūyo-nen Gumi), inclui Wakako Mizuki, Michi Tarasawa, Aiko Itō, Yasuko Sakata, Shio Satō, and Yukiko Kai.

O Grupo do Ano 24 contribuiu significantemente para o desenvolvimento dos subgêneros no shoujo mangá e marcou a primeira grande entrada de mulheres artistas no mangá. A partir daí, o shoujo mangá seria desenhado primariamente por mulheres artistas para um público de garotas e jovens mulheres. Estilisticamente, o Grupo do Ano 24 criou novas convenções no layout de quadros, quebrando as fileiras de retângulos que eram padrões naquele tempo e usando formas de requadros e composições para mostrar emoção e suavizar ou remover as suas bordas/limites.

Moto Hagio (Toma no Shinzo – Coração de Thomas)  e Keiko Takemiya (Kaze to Ki no Uta – Canção do vento e da árvore) viviam no mesmo apartamento em Ōizumi em Nerima, Tokyo de 1970 a 1973.A amiga de Takemiya Norie Masayama morava perto e era descrita por Moto Hagio como sendo sua “equipe mental”. Masayama não era mangaka mas apresentou a homossexualidade masculina para mulheres via Barazoku e Les amitiés particulières, que inspiraram Takemiya e Hagio a criar obras shounen ai. Até esta época shoujo mangá era escrito principalmente por homens, como Osamu Tezuka e seu “A Princesa e o Cavaleiro” e as tentativas de mulheres escrevendo mangá para meninas eram relativamente novas. Felizmente seus mangás foram bem recebidos por garotas, mulheres e homens. Suas ações inspiraram e abriram caminho para várias gerações de novas artistas.

Comiket, a maior convenção de quadrinhos do mundo, começou com o círculo de doujinshi  Meikyu (迷宮?), que inicialmente era um grupo estudando os trabalhos de  Moto Hagio.”

Fonte: Wikipedia


Sobre Tanko

Tanko tem 32 anos, é ilustradora freelancer, noiva, lolita e yaoista militante nas horas vagas. Atualmente reside nas montanhas para escapar do Tsunami e da especulação imobiliária no Rio de Janeiro. Ver todos os tópicos de Tanko

7 Comentários a 24nen Gumi – Grupo do ano 24

  1. Teve um tempo que eu procurei ler esses mangás (Kaze to Ki no Uta e Toma no Shinzo) mas não achei de maneira nenhuma, e acabei desistindo.
    Será que essas obras já foram ublicadas fora do Japão?

    • Tanko

      É muito difícil encontrar ambos, mas pelo menos tem o Toma no Shinzo na mangafox e yshare (comuna do Livejournal).

      Fora do Japão eu não sei, mas nos EUA acho que não. Me pegou, vou dar uma olhada.

    • Tanko

      Achei o Kaze to ki no Uta no mangafox também.

  2. vampaya

    Canção do vento e das árvores é lindo *-*~ É contado com tanta sensibilidade!! Sem falar que esses traços “antigos” são muito bonitos. Também queria ler o mangá (só vi o OVA) mas só achei em inglês e incompleto. O Coração de Thomas tbm deve ser ótimo, mas ainda não tive oportunidade de procurar mais sobre ele.

    Amei esse post xDD~

    • Tanko

      Também só vi o OVA e não me lembro de ter visto este mangá para baixar, ler online e nem mesmo comprar por aí. XD

      Eu sei que é uma história com muito angst, tortura psicológica e personagens interessantes. Acho legal que esta história já abre com dois meninos na cama. E na época meio que subverteu o clichê do menino loiro inocente e angelical.

      Já o Coração de Thomas eu achei em dois lugares apenas: mangafox para ler online e yshare do Livejournal.

  3. Aline Klaki

    Adoro esses posts. ^^

    Eu já ouvi falar de alguns dos mangás e autoras citados, mas ainda não li nada. Um dia, eu paro pra dar uma olhada.

  4. OLA !!

    estou traduzindo o mangá de Kaze to ki no uta, estou ainda no vol. 1

    só que achei só até o vol. 5 em ingles!!

    bom mas se vcs quiserem ler em portugues vão até meu blog:
    http://www.estranhomundinhoinsano.blogspot.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Calendário de posts

janeiro 2010
S T Q Q S S D
« dez   fev »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Amazon Brasil

Lojas Online

Facebook

Twitter